Distribuição digital não autorizada de jornais em Portugal. Dados, impactos e perspetivas: os casos de Whatsapp e Telegram

Neste documento exploramos um fenómeno conhecido mas pouco investigado em Portugal: o impacto da distribuição não autorizada de títulos de imprensa em formato .pdf em apps de mensagens, tais como Telegram e Whatsapp.
Observando dados consolidados sobre a dimensão do mercado dos jornais e revistas no nosso país, fornecemos estimativas para as perdas causadas por estas práticas que têm, de acordo com os resultados da nossa investigação, um peso muito relevante no quotidiano de muitos portugueses. Falamos também dos casos de Espanha e Itália, de forma a oferecer uma visão além-fronteiras e, também, das perceção dos consumidores face aos consumos não-autorizados e da forma como encaram o pagamento por notícias em formato digital.
  Consulte ou faça download do relatório aqui
Prev Anuário da Comunicação 2021

About Author