Economia física e economia digital no setor da imprensa em tempos de pandemia

O documento Economia física e economia digital no setor da Imprensa em tempos de pandemia debruça-se sobre a circulação impressa paga e circulação digital paga no primeiro semestre de 2020 por comparação com o período homólogo.

Realizamos, também, um breve exercício estimativo tomando o jornal Público como exemplo, em que explicamos que o aumento muito significativo da circulação digital paga não compensa diretamente as quebras na circulação impressa paga, não só pelas consequências ao nível do investimento publicitário mas, também, pelo facto de o valor monetário relativo da unidade digital paga ser inferior ao da unidade impressa.

  Consulte ou faça download do relatório aqui

Prev Media em Portugal - Análise ao desempenho dos media

About Author